Cantinho da Flor

Para Quem Quer Qualidade de Vida

Jeito feminino

A Diva

Sou mulher de apenas uma lua.

A loba

Por Prem Ameeta

Lua Cheia me diz que a vida é um risco… Esqueço, “desmemorizo” as escolhas que fiz, as datas que devo comemorar, o anel que escolhi.

Neste ciclo não quero saber de amor, não quero saber do romantismo barato dos minguantes que se escondem atrás das sombras de coisas ditas e não ditas. Não quero sorriso tímido, não quero bouquet de flores, não quero beijo na testa, não quero mãos afagando meus cabelos, nem poemas que acabem em rimas.

Tenho insônia. Não vou colaborar com o tempo. Não vou me organizar, nem ser coerente. Não busco espaço, não tenho limites. Compro livros que nunca vou ler, roupas que não me servem, cosméticos com 90% de aprovação. Faço a lista de homens com os quais já dormi e me arrependo dela não passar de algumas linhas.

Encontro as chaves na desordem da casa, atraso o aluguel, perco o cartão de crédito, deixo o cinzeiro cheio, e a pia do banheiro suja de pasta de dente. Não lavo a roupa, não lavo calcinha no chuveiro, prefiro andar sem.

Saio correndo, perdendo o fôlego, não controlo a respiração, não faço alongamento, aquecimento, apenas me intoxico de oxigênio. Sinto a exaustão. Corpo suado. Volto a pé, e me arrependo de ter ir ido longe demais…

Não quero que minhas unhas cresçam, nem brilho nos cabelos. Quero criar garras, e descabelada me vingar da vida. Que as minhas idéias hoje, se façam amanhã. Ignoro a fertilidade, apenas desejo, sinto e deixo que eu mesma aconteça, não quero ser mãe.

Desisto de me comunicar com o mundo, atitudes positivas, proativas, nada disso me serve. Não abafo meus gritos nem gemidos. Quero mesmo é gritar, xingar, ser arrogante, esnobe, possessiva, egoísta. Nada de dar, nem ouvir conselhos, prefiro a linguagem não verbal do meu quadril, à gastar a não acidez da saliva tentando convencê-los o quanto estão errados.

Não procuro um novo amor, nem um amante, esta fila vai ter que esperar. Quero alguém que me deixe sentir o cheiro do pescoço atrás da orelha, arranhar as costas, deixar a mão cheia de dedos me apertar sem me preocupar com a sensualidade do gesto. Prefiro a indecência dos instintos, e o odor dos hormônios.

Nestes sete dias, saio da toca, cheia de dentes, salivando, farejando, me guio pelos sentidos.

Vivo o mito da lua, sem me tornar o mito da alegria de uma mulher que deseja casa, comida, marido e crianças superdotadas.

Não sou mulher de fases, sou mulher quando a lua é cheia, nas outras três semanas, talvez deva ser eu, a sombra.

Anúncios

8 Comentários»

  Rosangela wrote @

Lindo vc escreve muito bem e transmite tudo o que sentimos!
LINDO!
Amei!
Vamos ser feliz!

  Narla Musse wrote @

Muito lindo seu texto, você tem uma escrita muito envolvente e fluida. Pena que a lua cheia não seja permanente.

  João Cesar wrote @

Ameeeeta, q texto lindo!! Vivo e lascivo como só uma mulher de muitas facetas( ou luas) poderia escrever.
bjo, saudds

  bluessinger wrote @

Belo texto, Prem Ameeta,parabéns!texto forte e conciso,sedutor e denso;parabéns,bonito mesmo!

  Pedro Bello wrote @

Carol parabéns pela sua matéria, achei mto legal!

  Marcia wrote @

Parabens!!!!!Texto intenso , harmonioso e forte como a escritora.

  MOURA wrote @

=> Texto:
– Sou mulher de apenas uma lua. A loba.

– Nada mais a declarar… A MARCIA, o BLUESSINGER, o JOÃO CESAR e a NARLA MUSSE descreveram tudo aquilo que percebi no texto também: Intensidade, Hamônia no caos, consisão, sedução , densidade, vivo, lascivo. envolvente, fluido… o que mais?! Acho que estou me apaixonando por você! rsrsrsrsrsrs……Bjão!

  Danniel wrote @

Muito bem escrito, muito revelador e muito sexy!
Bjos e parabéns! Mandou muuito!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: