Cantinho da Flor

Para Quem Quer Qualidade de Vida

Divã da Flor

Transformação… Permita-se

O passo deste mês é o passo da transformação, reconhecimento da sua verdade através do movimento e da metamorfose.

Por Flor Atirupa


Esse mês quero convidar vocês para assistir um espetáculo da natureza … Vou tentar descrevê-lo e peço a disposição lúdica de vocês para imaginar junto com as minhas linhas o processo de mudança de uma espécie um tanto quanto encantadora, assim o vídeo desse espetáculo estará dentro de vocês, então vamos lá!!!

Lá vai cega e despretensiosa lagarta.. tchu, tchu, tchu, tchurum… Sem pressa, ela não tem muitos lugares para ir, nem muita gente para compartilhar, mas num charme que estar no seu caminhar, oh.. no seu rastejar ela vai pra lá e pra cá, num modelito meio estranho, que pra alguns especialistas poderiam taxar de cafona, brilha muito no dia e num marrom que à noite ai, ai, parece invisível.

Mas ela continua sua vida sem grandes movimentos a não ser um tchu, tchu, tchu, tchurum… pra lá e pra cá… cega e despretensiosa…

Especialmente para a revista Beleza Pura! e com participação de toda a minha equipe de produção, colocamos um microfone numa das anteninhas da lagarta.. e leiam só esta conversa que ela teve junto de uma borboleta.

– … Ai, borboleta você é tão linda… queria ser como você… ser lagarta é muito sem graça.

– Lagarta, eu também já fui assim como você! Eu não conseguia ver a vida! Não enxergava a minha própria beleza. Mas a transformação chegou.

– Ah! Você não sabia que era bonita? Nossa, olha suas cores, sua leveza… Imagino o quanto de coisa bonita você vê voando por aí… quantas flores, quantos lagos, quanto beleza.

– Ops! Sua transformação já está chegando, você já está conseguindo ver a minha beleza… Já consegue ver a sua?

– Como assim?? Não entendi???

– Lagarta, a beleza estar dentro de você, se já conseguiu ver a minha é por que já encontrou a sua, mas é preciso querer a transformação… É preciso saber liberar o que é velho, é preciso se reservar e escutar suas próprias vozes e escolher do seu jeito, aceitar o tempo da mudança e deixar fluir e normalmente dá um medo, mas não tenha, confie… e deixe tudo acontecer do seu jeito, mas lembre-se a beleza estar dentro.

A gravação parou por aqui… Acredito que a borboleta saiu voando… Minha equipe continuou as filmagens e com o microfone.

A lagarta passou seus dias de forma diferente… Parecia lenta, pesada e sem graça. Comentou com alguns poucos amigos besouros que não estava mais a fim de sua vida de lagarta… queria alçar vôos, queria ficar bonita e ouvia algo dentro dela dizendo que ia ser difícil.

Um dia ela parou seu rastejar e ninguém mais conseguiu mexer com a lagarta… Aos poucos, dia apos dia ela foi mudando… seu casulo foi se formando… lá os microfones não detectavam nenhum som… tudo era paz e silencio…

Alguns dias depois o casulo estava vazio… havia renascido de lá mais uma bela borboleta!!! A imagem foi lenta e silenciosa… Devagar foi surgindo colorida e livre e seu primeiro contato foi com a borboleta que a havia pedido confiança e leiam só que surpreendente:

– Oi tudo bem borboleta?

– Ei Que linda que você está!!!

– VOCÊ CONSEGUE ME RECONHECER?

– Claro!!! Transformou-se e está linda

– Ai, eu também estou me amando com asas e cores. Quando conversamos, eu não entendi direito o que você dizia sobre minha beleza estar dentro, mas eu quis saber! O mais difícil foi decidir mudar e aceitar a mudança, afinal eu não sabia o que iria me acontecer. Minha vida não me agradava mais e tinha que deixar muita coisa para trás e resolvi me ouvir. Escolhi me amar, me encontrar e me transformei numa borboleta. Por que você não me disse que eu também era uma borboleta.

– Hum… Parabéns pela sua descoberta e não adiantava dizer, pois você já me via, já reconhecia minhas cores, minha escolha e não sabia que era tudo seu. Você precisava vivenciar e foi o que aconteceu. Você quis, deixou acontecer e encontrou sua verdade.

Agora me digam… conseguiram acompanhar o espetáculo?

Como era sua lagarta?

O que você sentiu junto do conflito da lagarta?

E no momento do casulo? Você teve incomodo de imaginar?

E sua borboleta? Nasceu?

Como ela é? Quais as cores?

E o lugar onde todo ocorreu?

Eu preciso dizer que esse espetáculo acontece muitas vezes pelo planeta terra inteiro e também dentro de nós. Nossas mudanças são exatamente assim… No início somos cegos e não percebemos nada que nos motive a viver algo diferente. Surge, então, algo que nos faça refletir… e nos mostre algo que somos mas não percebíamos antes, como foi preciso a lagarta ficar de frente da borboleta para despertar nela a transformação da sua vida.

Todo processo de mudança é preciso saber o que não queremos mais, ter força para abandonar, permitir momentos de reserva para nos ouvir e aceitar o novo.

Bem, agora deixo vocês reprisarem o espetáculo dentro de vocês e deixem as descobertas surgirem. Escrevam-me, me digam, me perguntem eu estou aqui para isso!!!

Beijão de uma Flor Borboleta de cores envolventes e perfume suave

Anúncios

2 Comentários»

  Raquel Meneses wrote @

Eu estou no casulo e em breve me transformarei….vc bem sabe neh Flor?!
Pois vc eh incentivadora a tempos disso, desta metamorfose…..
Bom sempre vir aki e ler o que vc nos proporciona….Amo vc!

  IARANITA wrote @

PARECE PRETENSÃO MAS EU SEI O QUE NÃO QUERO MAIS!!
O PROBLEMA É NÃO PODER PODER ABANDONAR A SITUAÇÃO QUE ME AFLIGE.
MINHAS FORÇAS FICAM MINADAS NESSE PONTO…
MEUS PAIS DEPENDEM DE MIM,ESTÃO FRAGILIZADOS E NÃO TENHO FORÇA SUFICIENTE DE ABANDONÁ-LOS,EMBORA ME SINTA SUFOCADA COM ESSA SITUAÇÃO.
VOU PRECISAR FICAR NO CASULO MAIS UM TEMPO ESPERANDO E TENDO PACIENCIA PARA ENCONTRAR O MOMENTO CERTO PARA A TRANSFORMAÇÃO….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: